Altere o idioma  

Imprensa? Clique aqui.

Agrocinco lança cebolas híbridas longa vida e se consolida no segmento

Em dias de campo no Sudeste e no Sul do país, produtores se surpreenderam com os resultados das cebolas Agrocinco

Pioneira em desenvolvimento de híbridos no Brasil, a Agrocinco disponibiliza para o mercado quatro cebolas que trazem o conceito de longa vida para o segmento (Azteca, Irati, Koda e a recém-lançada Xavante). “O produtor poderá optar por armazenar o seu produto, esperando uma melhor condição de mercado”, diz Luís Galhardo, engenheiro agrônomo e diretor da Agrocinco.

Sobre os diferenciais das cebolas Agrocinco, Galhardo afirma que são produtos extremamente firmes. “Eles são muito tolerantes às diversas doenças que atacam a cultura, com várias camadas de pele, o que proporciona excelente apresentação para o comerciante e, principalmente, para a dona de casa”, ressalta.

Quem pôde conferir os dias de campo realizados pela Agrocinco em outubro e novembro no Sudeste e no Sul do país, nas cidades de Piedade (SP), Lagoa Formosa (MG) e Caxias do Sul (RS), comprovou a qualidade das cebolas. “A híbrida KODA apresentou um ciclo de 112 dias pós-transplante, bem precoce. A cebola é muito uniforme e com pele bonita, firme; se for preciso, poderei estocar por quatro meses, sem problemas”, testemunhou o produtor Flávio Canutto, de Caxias do Sul.

O engenheiro agrônomo e também diretor da Agrocinco, Flávio Pagnan, destacou que o inverno foi muito rigoroso no Sul do país. Mesmo assim, as cebolas Agrocinco não pendoaram, diferentemente das cebolas comuns, que tiveram alto índice de pendoamento.

Durante os dias de campo, os produtores relataram fatores determinantes para uma cebola ser competitiva. “Os compradores estão seletivos quanto à qualidade dos bulbos. A pele e a firmeza são os fatores que vão determinar o preço de comercialização”, afirma Flávio Canutto Júnior. “São justamente nesses itens que as cebolas Agrocinco despontam”, complementa Pagnan. Além disso, a precocidade das cebolas híbridas Agrocinco e a firmeza dos bulbos, além da possibilidade de estocagem por um período maior, são os fatores que fazem de Azteca, Irati, Koda e Xavante referências de mercado.

Por último e não menos importante, todas as híbridas Agrocinco permitem a colheita mecânica. Isso agrega mais valor aos híbridos e traz modernidade e competitividade para os produtores em razão da baixa disponibilidade de mão de obra.

E as inovações da Agrocinco estão apenas no começo. “Temos a certeza de que continuamos no caminho certo ao trazer soluções para os diversos mercados de hortaliças que atuamos e, no segmento de cebolas, teremos muitas novidades ainda em 2014”, garante Luís Galhardo.

Tomates

Cebolas

Melancias

+ Notícias

• São lançados maracujás híbridos com alta produtividade e tolerantes a doenças

• Agrocinco retorna à Hortitec com muito sucesso

• Agrocinco na Hortitec 2014

• Mamão Híbrido Bela Nova F1 abre novo segmento de mercado no Brasil

• Grape BRS Zamir é destaque por prevenir doenças

• Sucesso do tomate BRS Montese

• Excelente produtividade do pimentăo Topaz

• Agricultor do ES comprova superioridade do pimentăo Topaz

• Globo Rural destaca o tomate cherry BRS Iracema

• Agrocinco lança 10 híbridos em novo catálogo

• Solo & Água difunde multirresistentes no Ceará

• Testes de híbridos da Agrocinco-Embrapa na produçăo de orgânicos sinalizam ótimo resultado

• Agrocinco apresenta culturas premium ao agronegócio de hortaliças em Săo José do Rio Pardo-SP

• Sucesso do tomate BRS Nagai - Agrocinco / Embrapa Hortaliças

• Agrocinco: visão à frente de seu tempo

Pabx:19 3879-6307 - Fone/Fax:19 3879-6787
agrocinco@agrocinco.com

Ed. Waldemar Silveira Bellini,
Rua Cesário de Paula Penteado, 381,
Centro, Monte Mor-SP, CEP: 13190-000